Eu sempre amei mais você do que a minha razão,
Mesmo você sendo meu amor distante, minha doce ilusão,
Meu amor delirante, viajante e inconstante,
Meu contentamento descontente.

Sempre deixei você ir,
Minha certeza era que nunca teria como fugir,
Como fugir do amor abrasador,
Tentei manter a sanidade, mas não evitei a dor.

Eu te amei,
Eu te amo e me machuquei
Eu não te amarei…
Eu reconheço que perdi,o final que eu nunca imaginei.
.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s